Risoto de Morango com pétalas de Rosas

A especialidade da Risotteria Alessandro Segato, como não poderia deixar de ser, são os risotos de vários sabores, acompanhados pela variada carta de vinhos.

O mais pedido da casa e preferido das mulheres é o risoto de morango com pétalas de rosas. O prato é sofisticado, tem aparência e perfume incríveis, além de ser delicioso. E, a melhor parte, não é tão difícil de fazer em casa. Veja como é o preparo :
Risoto de Morango com pétalas de Rosas
rendimento: 4 pessoas
tempo de preparo: 35 minutos

Ingredientes

320 gr de arroz vianole nano (ou arbóreo);
300 gr de morangos frescos;
10 gr de pétalas de rosas comestíveis;
2 favas de baunilha;
300 ml de vinagre balsâmico de Modena;
3 a 4 gotas de água de rosas;
6 colheres de sopa de manteiga;
4 colheres (de sopa) de parmesão Grana Padano ralado;
1 e ¼ litro de caldo de carne ou de legumes;
1 colher (de sopa) de cebola picada;
4 colheres de azeite extra virgem;
½ xícara de vinho branco seco;
sal e pimenta branca do reino à gosto.

Modo de Preparo

Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola até dourar. Junte metade dos morangos, cortados em quatro, e deixe cozinhar por aproximadamente dois minutos em fogo médio. Aumente o fogo, acrescente as favas de baunilha cortadas ao meio pelo sentido do comprimento. Misture o arroz e deixe tostar por alguns minutos (sempre mexendo para que não grude na panela). Adicione o vinho e deixe evaporar.
Acrescente o caldo de carne (ou de legumes), aos poucos, com uma concha, sem parar de mexer. Quando o arroz estiver quase cozido, acrescente as pétalas de rosas, o restante dos morangos e as gotas de água de rosas. Retire do fogo, misture a manteiga e o parmesão. Sirva em um prato decorando com pétalas de rosas e com a redução do vinagre balsâmico. Para fazer a redução, coloque o vinagre em uma panela e leve ao fogo baixo. Espere até que o líquido engrosse e reduza pela metade. Depois é só servir.

Dicas do chef

Uma das fases mais importantes de um risoto é o momento em que você acrescenta o arroz na panela e deixa tostar. Com o fogo alto o arroz fica selado e evita o excesso de amido, que deixa um aspecto “colante” na boca.
O ponto certo de qualquer risoto é quando, além de cozido al dente, ele atinge a cremosidade ideal, chamada all’onda, depois da manteiga e do queijo parmesão.

loading...

1 Comentário

Deixe seu comentario aqui: