Nicolas Cage esta falido e deve vender mansão para pagar impostos

O ator Nicolas Cage achava que jatinho particular e aluguel diário de limusines eram imprescindíveis para sua profissão, por isso fazia tempo que os deduzia como “gastos” em suas declarações de imposto de renda.

Mas os auditores não pensavam da mesma forma que Cage e acusaram o ator de Motoqueiro Fantasma de não ter pagado US$ 3,8 milhões entre 2002 e 2004. Finalmente, e depois que o caso chegou aos tribunais, o ator aceitou pagar US$ 591 mil como multa pelas irregularidades, além de pagar os US$ 3,9 milhões omitidos.

O advogado de Cage insistiu que deduzir gastos de restaurantes de luxo, viagens de primeira classe e manuntenção de jato particular era um costume na indústria do entretenimento e que era, além disso, necessário para a segurança do ator. O argumento não foi aceito.

Agora Nicolas Cage pretende vender sua mansão com piscina olímpica e teatro com capacidade para 35 pessoas no elegante bairro de Bel Air para ter dinheiro suficiente para cumprir com suas obrigações fiscais.

Deixe seu comentario aqui: