Estresse e Depressão Podem Causar Queda de Cabelo

Você sabia que a queda de cabelo nem sempre esta ligada a medicamentos ou problemas hormonais? O estresse e a depressão também podem provocar a queda do cabelo. Se você anda trabalhando demais ou anda extremamente angustiada , nervosa ou depressiva fique atenta a perda dos fios .

Segundo um estudo de Dra. Eva Peters – alemã considerada uma das maiores estudiosas com interesse na pesquisa relacionada ao estresse -, um dos motivos pelo qual há uma relação entre o estresse e a queda de cabelos é a liberação de substâncias químicas de origem no tecido nervoso. Este estudo em particular tem importância, porque liga o sistema nervoso à pele (folículos pilosos mais diretamente), fazendo com que substâncias produzidas e secretadas pelas células nervosas provoquem perda capilar. Substâncias estas produzidas em maiores quantidades em situações de estresse.

A alopecia areata é outro mal que pode ser desencadeado por períodos de grande estresse. A doença causa perda de cabelo ou de pelos em áreas bem delimitadas do corpo, em geral de forma arredondada ou oval. Já a tricotilomania é um distúrbio caracterizado por arrancar cabelos sem fins estéticos e acomete indivíduos muito ansiosos.

O estresse pode gerar ainda processos inflamatórios no couro cabeludo que causam excesso de oleosidade nesta região.Por isso é muito importante procurar ajuda médica sempre que perceber que a queda de cabelo esta excessiva e que se prolonga por mais de três meses. Existem tratamentos com suplementos nutricionais à base de aminoácidos ou medicamentos, mas a melhor coisa a fazer é a mudança de hábitos fazer uma alimentação saudável rica em vitaminas e nutrientes, procurar um tempo para lazer,  praticar atividades físicas, dormir melhor, aliviar a tensão buscando satisfação e bom humor.

2 Comentários

Deixe seu comentario aqui: